17 de março de 2008

Homens que investiram tempo em oração!


Charles Simeon – Devotava a Deus as horas de quatro às oito da manhã.

John Wesley – Gastava duas horas diariamente em oração. Ele começava às quatro horas de manhã. Uma pessoa que o conhecia bem escreveu: “Ele julgava que a oração é o trabalho mais importante que havia. E o vi sair do lugar de recolhimento com uma serenidade no rosto que quase.

John Fletcher - Impregnou as paredes do seu quarto com o hálito das suas orações. Algumas vezes passava a noite inteira em oração. Sempre e com grande intensidade. Toda a sua vida foi uma vida de oração. “Não queria levantar-me da cadeira”, disse ele, “sem elevar o meu coração a Deus”. Sua saudação a um amigo era: “o Senhor está orando?”

Lutero disse: “Se eu deixar de empregar duas horas em oração todas as manhãs, o diabo terá vitória o dia inteiro. Tenho tanto trabalho que não posso realizar sem gastar três horas diariamente em oração. Seu lema era: “Aquele que orou bem, estudou bem”.

Arcebispo Leighnton - Ficava tanto a sós com Deus que parecia estar em meditação perpétua. “A oração e louvor era seu trabalho e seu prazer”, diz o seu biógrafo.

Bispo Ken - Ficava tanto com Deus a ponto de dizer que sua alma estava enamorada de Deus. Estava com Deus todas as manhãs antes de o relógio assinalar três horas.

O Marquês DeRenty - para quem Cristo era a pessoa mais importante, ordenou a seu criado chama-lo das suas devoções depois de meia hora.

Bispo Asbury disse: propus-me a levantar quatro horas da manhã da madrugada tanto quanto possível e gastar duas horas em oração e meditação.

Samuel Rutherford - Sua fragrância de piedade ainda se faz sentir. Levantava-se às três horas da manhã para encontrar-se com Deus em oração.

Joseph Alleine - Levantava-se às quatro horas para sua tarefa de oração, permanecendo assim até às oito. Se ouvia que outro negociantes começavam o seu trabalho antes dele se levantar, exclamava: “Oh, como isto me envergonha; não deveria meu Senhor merecer mais do que os senhores deles?

“Aquele que aprendeu a orar tem livre acesso ao banco do Céu donde saca aquilo que necessita”.

John Welch - O santo e maravilhoso pregador escocês julgava que o dia estava perdido se não orava de oito a dez horas. Sua esposa queixava-se com ele quando o encontrava chorando, prostrado no assoalho. Ele replicava: “Oh mulher, tenho a responsabilidade de três mil almas diante de Deus! E não sei quantas dentre elas têm a certeza da salvação”.

O Bispo Wilson - “No diário de H. Martyn, o espírito de oração, o tempo devotado ao dever e o seu fervor são as primeiras coisas que me impressionam”.

Payson - Dedicava tanto tempo à oração, e com intensidade orava que, pelo atrito constante de seus joelhos, o assoalho onde estava habituado a ajoelhar-se ficou desgastado. O seu biógrafo diz: “Sua oração contínua, feita em qualquer circunstância, é o fato mais notável da sua vida e é isto o que deve ser feito por aquele que quer rivitalizar-se com Ele. Às suas orações ardentes e perseverantes, deve-se, sem dúvida, em grande medida, seu sucesso notável e quase sempre ininterrupto.

Willien bramwell - É famoso nos anais metodistas por sua santidade pessoal, pelo seu sucesso maravilhoso na pregação e pelas extraordinárias respostas às suas orações. Orava muitas horas seguidas. Viveu quase toda a sua vida sobre os joelhos.

Bispo Andrews – Em geral empregava cinco horas diariamente no oração e devoção.

Sir henry havelok - Gastava sempre as primeiras duas horas de cada dia com Deus. Se o acampamento se levantava à seis horas da manhã, ele se levantava as quatro.

Conde Cairns - Levantava diariamente às seis horas para assegurar uma hora e meia para o estudo da Bíblia e oração antes de fazer o culto doméstico as 7:45 h.

Dr. Judson – Seu sucesso na obra de Deus é atribuído ao fasto de que ele gastava muito tempo em oração. Ele diz sobre isso: “Arranja os teus afazeres, se possível, de tal modo que possas devotar calmamente duas ou três horas, todos os dias, não somente para os momentos devocionais, mas também para a oração em secreto e comunhão com Deus. Que o amanhecer te encontre em oração”. Dr. Judson construiu um império para Cristo e colocou os fundamentos do reino de Deus no coração da Birmânia.

Você também pode fazer parte desta galeria de homens de Deus!!!
Postar um comentário