25 de abril de 2008

Cristão High-Tech


Não há como negar que a sociedade é mutante, e uma das grandes mutações presentes é a tecnologia do mundo virtual. Todos os dias surgem novas ferramentas tecnológicas que nos coagem ao aprendizado para não cairmos no descrédito. Não saber o última informação é ser ultrapassado, arcaico e outras “coizistas” mais. Nossos adolescentes sabem muito mais do mundo virtual do que a boa maioria dos pais. Passam horas na frente da “telinha” e estão conectados com o mundo. Junto com eles mais alguns milhões de internaltas da rede mundial de computadores.
Para que você esteja incluído na rede, basta ter um perfil no orkut, no facebook, blog ou site. Alguns gostam outros não, alguns se encerem, mas há quem repudie. No entanto, uma verdade inegável é que existe uma sociedade virtual, um mundo virtual ainda não alcançado pelo evangelho. Quem sabe hoje poderemos parafrasear o evangelista John Wesley e dizer: “O mundo virtual é a minha paróquia”.
Além do que, as ferramentas de rede social são ótimas para disseminação de idéias, valores e atitudes, inclusive o evangelho. Com elas é possível desenvolver o “Buzz Marketing” (Marketing viral) divulgando Pessoas Físicas e Jurídicas, Ministérios de Igrejas etc. É comum milhares ouvirem músicas, pregações e até assistirem cultos pela internet.
O fenômeno que se percebe é que há um agrupamento de interesses mútuos. O público que “freqüenta” as mesmas páginas que você, indubitavelmente, possue os mesmo interesses, gerando um vínculo, e isso gera uma rede que é chamada de SMO (Social Media Optimization) que nada mais é que uma ferramenta de gerar publicidade por meio das mídias sociais.
Algo importante de se observar é que o SMO é um sistema PULL Marketing (puxado pelo usuário) e não PUSH (empurrado), entendendo que nada pode ser forçado na rede, lembrando que boa parte da sociedade é líquida, não quer se prender a nada e a ninguém, tão somente a sua livre escolha. Para isso o atrativo é a arma do negócio.
Bem, o texto bíblico da Daniel já nos orientava sobre este evento da tecnologia, a profecia se cumpriu e estamos a cada dia mais perto da segunda volta de Cristo.
Podemos simplesmente fazer de conta que nada está acontecendo e não nos envolver porque existe muita sujeira neste meio e pecarmos por omissão. Ou podemos ser desafiados a sair da platéia que simplesmente reclama, vaia e aponta erros, e entrarmos no palco da história, desafiados pelas mudanças e tentarmos mostrando diferença de forma sábia e prudente, para realizarmos com eficácia a grande comissão. Vida poderão ser transformadas por uma atitude sua. Tudo com moderação, discernimento e sabedoria, obteremos bom resultados.
A escolha é sua, mas o resultado será nosso.

Pb. Ivan Tadeu

Postar um comentário