1 de outubro de 2008

Tendências Pedagógicas




Neste trabalho procuraremos fazer uma breve síntese das mais freqüentes tendências da Pedagogia. Não nos propomos a analisá-las de forma profunda e cabal, mas simplesmente, extrair os fundamentos primários que as fundamenta. Extraímos do texto um trecho que bem exemplifica esta temática:

Para se perceber a significação de uma pedagogia é necessário remontar até o seu elemento dominante: o saber ensinado. Que se diz e que se oculta aos alunos? Como lhe apresentam o mundo em que vivemos? Para que ações os conduzem as palavras, os silêncios, as atitudes implícitas e explícitas dos mestres? (Georges SNYDERS, 1978, p.310).


1- Pedagogia Tradicional
Esta tendência tem como pressuposto filosófico a visão essencialista do ser humano, constituído por uma essência imutável, cabendo à educação conformar-se à essência humana.


Ser humano• Assim, o ser humano é constituído de uma essência imutável, a racionalidade, cabendo à educação conformar-se à sua essência. A natureza humana é compreendida pela racionalidade, que se dimensiona como filosófica. A atitude racional é a principal função do ser humano.


Professor• O professor é o direcionador da aprendizagem, porque o adulto é considerado completo em sua capacidade racional, enquanto a criança é vista como incompleta e imatura.
• É importante a aquisição do conteúdo escolar via a memorização, sendo o papel do professor é transmitir os conteúdos e ao aluno aprendê-los. O ensino caracteriza-se pela transmissão-assimilação de conteúdos.


Método • O método é o da exposição oral dos conteúdos, pressupondo-se que todos os alunos tenham a capacidade racional de aprendê-los e assimilá-los.


Exemplo: Professor > Conteúdos/Métodos > Alunos



2- Pedagogia Nova
Esta tendência apresenta uma visão de ser humano “centrada na existência, na vida e na atividade.


Ser humano• O ser humano é visto como projeto dos seus atos, considerado como indivíduo único e situado no tempo e no espaço. Visão de ser humano que se centra na existência, na vida, na atividade, na afetividade e sensibilidade humana. Cada individuo é compreendido a partir de suas diferenças individuais, de suas capacidades e potencialidades individuais.


Professor• O professor passa a ser o estimulador, o orientador da aprendizagem do aluno, que, como sujeito, vai aprender a prender, ou seja, assimilar os mecanismos de busca do conhecimento.
• As relações professor e aluno passam a se fundamentadas na amizade, no sentimento, na afetividade.
• Há preocupação com as diferenças individuais dos alunos, com o belo, com a alegria, porque há a preocupação de tornar a criança psicologicamente feliz.


Método
O método é o da pesquisa, a experimentação, a manipulação dos objetos, a busca de soluções dos problemas e de descobertas

Exemplo: Professor < Conteúdos/Métodos< Alunos



3- Pedagogia Tecnicista
Nesta tendência o ser humano como individuo capaz de conhecer o real mediante uma metodologia experimental. Homens e mulheres regidos pelas leis da natureza e pelas leis formais da ciência.


Ser humano• O ser humano é compreendido pela racionalidade técnica.
• O aluno e o professor constituem em executores do processo educativo: os alunos pela técnica aprender a fazer, isto é, receber e fixar informações para executar as tarefas educacionais.


Professor• O professor treina de forma eficiente o individuo para o trabalho produtivo, buscando pela técnica garantir a eficácia da transmissão do conhecimento e modelar respostas apropriadas aos objetivos instrucionais.
• O professor tem como objetivo preparar o individuo competente para o mercado de trabalho, visando a especialização técnica e a profissionalização do ensino para o trabalho produtivo da sociedade capitalista.


Método• Instrução programada, o tele microensino e o sistema modular de ensino.


Exemplo: Professor < Conteúdos/Métodos > Alunos



4- Pedagogia Neoliberal
O ideário neoliberal substitui a noção de igualdade pela de equidade, vinculada à idéia de acordo entre desiguais; as noções econômicas de eficácia, produtividade e eficiência pela participação democrática na tomada de decisões educacionais, sendo, entretanto, regidas pela moral do mercado.


Ser humano• Compreende-se o ser humano como produto do social.


Professor
• O professor é um consultor a serviço do grupo sobre questões de método, organização ou conteúdo.
• A tarefa do professor liberar as forças instiuintes do grupo;essas forças constituiriam novas instituições (ou contra-contra instituições conforme Lapasse), que funcionariam como analisadores, revelando os elementos ocultos do sistema educacional.


Método• O método é o da vivência grupal na forma de autogestão.


Exemplo: Professor < > Alunos


5- Pedagogia Humanista Libertadora
Pedagogia elaborada por Paulo Freire, apresenta-se como uma pedagogia humanista, problematizada, libertadora, dialógica, d pergunta, da autonomia, da esperança, da indignação, dos sonhos possíveis e da tolerância. Fundamenta-se no existencialismo, personalismo e nos pressupostos teóricos de Marx e Gramsci.


Ser humano• Esta teoria compreende o ser humano como seres inconclusos, inacabados e incompletos, que por perceberem que não sabem tudo, buscam o saber, o conhecimento e o seu aprimoramento enquanto ser humano.
• O ser humano também é visto como se de relações (reflexivo, conseqüente, transcendente e temporal) cuja relação dialética homem-mundo possibilita a sua característica existencial de sujeito do conhecimento, da história e da cultura


Professor• O professor é um consultor a serviço do grupo sobre questões de método, organização ou conteúdo.
• A tarefa do professor liberar as forças instiuintes do grupo;essas forças constituiriam novas instituições (ou contra-contra instituições conforme Lapasse), que funcionariam como analisadores, revelando os elementos ocultos do sistema educacional.


Método• O método é dialógico, o de intercomunicação entre os indivíduos mediatizados pelo mundo, torna-se, também, o meio de articulação entre os saber cotidiano, experiêncial de vida com o saber erudito, sistematizado e rigoroso.


Exemplo: Educador-Educando > Mundo < Educador Educando



6- Pedagogia Histórico-Crítica
Foi elaborada por Dermeval Saviani, na década de 80, tem seus pressupostos teóricos em Marx e Gramsci. Saviani, considera a educação como um “fenômeno próprio dos seres humanos”. Compreende o ser humano perspectiva marxista. O ser humano precisa produzir continuamente a sua própria existência.


Ser humano• Entende o ser humano como produtor (que necessita produzir a sua própria existência) de práxis e cultural (capaz de intervir na natureza e transformá-la).


Professor• O professor é um produtor do saber e o aluno o consumidor do saber.
• Pela sua competência técnica é o responsável pela transmissão e socialização do saber escolar, cabendo ao aluno aprender os conteúdos para ultrapassar o saber espontâneo.


Método• O método é socializar o conteúdo de forma sistematizada.A escola teria com conteúdo específico a ciência, o saber sistematizado, sendo excluído o saber cotidiano, espontâneo e popular.


Exemplo: Professor > Conteúdo > Aluno


7- Pedagogia Multifocal Crítica
Esta tendência debate sobre a diversidade cultural, no Brasil, diferentemente da visão neoliberal, em uma perspectiva crítica, dialética e progressista está presente no pensamento educacional de Paulo Freire e de Moacir Gadotti.


Ser humano • Há uma concepção genérica de ser humano: individual, racional, poético, afetivo e sensitivo;
• Existe um eixo humanista-cultural, com a valorização do ser humano e de sua cultura;


Professor• O professor é um produtor do saber e o aluno o consumidor do saber.
• Pela sua competência técnica é o responsável pela transmissão e socialização do saber escolar, cabendo ao aluno aprender os conteúdos para ultrapassar o saber espontâneo.


Método• O método é inteiracionalista (procura promover a paz entre os povos e nações) e comunitária (valorizando a cultura local e o cotidiano).
• A educação dialógica, problematizadora e crítica.
Exemplo: Educador > Saberes/Capacidades/Culturas < Educando


Concluímos este trabalho com alegria, já que o mesmo nos ajudou em muito, compreender as principais Tendências Pedagógicas, fornecendo uma visão panorâmica, porém maior do que tínhamos sobre a matéria, nos fundamentando para o dia a dia, nas abordagens práticas da carreira de docência.

(Trabalho apresentado na Pós-graduação Docência do Ensino Religioso - FTBP)

- Pb. Ivan Tadeu Panicio Junior
Postar um comentário