13 de maio de 2009

Cristo multifacetado ou não?


O tempo que vivemos é de profundo relativismo. Mundo líquido, sem bases sólidas, em constante mutação e de grande preocupação. Nossos jovens não sabem mais no que acreditar. Nossos anciões perdendo seus cabelos, diante do que tem ouvido dentro de nossas igrejas e fora. Nossos pastores estão lutando para segurar uma igreja que está sem âncora, rumo ao secularismo, ao mundanismo e tantos outros "ismos"....que mundo é este?


Exemplos do Cristo em emergência :


Tradicional: Eu sou o caminho, a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai se não por mim.Esse Cristo é muito bem representado pelo escritor Tim LaHaye,na série "Deixados para trás".


Moderno: Eu sou o exemplo extraordinário-humano.Esse Cristo é muito bem representado pelo escritor Rick Warren, em seu livro "Uma vida com propósitos".


Pós-moderno: Meus ensinamentos se encontram nas muitas interpretações do que é a verdade, Eu sou um exemplo universal de igualdade, amor e compaixão.Esse Cristo é muito bem representado por Brian Mclaren ,na saga "The new Kind of Christian".


Cósmico: Eu sou o impulso espiritual em si, uma intuição evolucionária cheia de segredos sagrados, a respeito do cosmos.Esse Cristo é muito bem representado por Pierre Teilhard de Chardin, em seu livro " The Phenomenon of Man ".


? = ?


Dentro desses muitos Cristos , qual é o seu ? Qual Cristo que viverá com a sociedade daqui a 100 anos ? Vale a pena refletir!

Como bons cristãos, precisamos ficar com a Palavra, e para vossa reflexão, um texto paulino:

Gálatas 1.8 "Mas, ainda que nós ou mesmo um anjo vindo do céu vos pregue evangelho que vá além do que vos temos pregado, seja anátema".
Postar um comentário