25 de fevereiro de 2010

GENTE QUE É GENTE, AMA GENTE!

Chamou-me a atenção num certo dia quando conversava com um obreiro da igreja, e ele comentava a respeito de uma palestra motivacional que foi apresentada pelo Dr. Alexandre Bernardo no teatro positivo para vários representantes comerciais; conforme suas palavras Dr. Alexandre Bernardo inseriu uma pergunta assim: “Para Trabalhar Com Gente, Você Precisa Gostar Do Que?” Após algumas respostas, as mais variadas; ele respondeu o que gostaria de ter ouvido: “É Preciso Gostar De Gente;Senão é Preciso Nascer de Novo.”

Penso que seja muito relevante esta observação feita pelo Dr. Alexandre, acredito que ele estava expondo aos representantes comerciais que o sucesso de vendas e uma boa oportunidade para negociar estava vinculada ao ‘relacionamento’ que cada um teria com as pessoas com “as gentes” que fossem se comunicar.

 Também imagino que, o que levou a mestre em enfermagem Maria Júlia Paes Silva a escrever uma obra chamada “O Amor é o Caminho” e nele dizer que seu “Sonho é Humanizar os Hospitais”; seja nada mais nada menos que, a incrível sensibilidade de contemplar “Gente como Gente”. As experiências desta profissional da saúde e escritora contribuíram e muito para que, esta virtude aflorasse desta maneira tão nobre.

Agora pense comigo o que seria deste mundo se João 3.16 não existisse. Sinceramente acredito que ele só esta na Bíblia porque “Deus Ama Gente”, não estou dizendo que Deus é Gente, mas que Deus Ama Gente. Embora em certa ocasião um amigo na faculdade expressou uma frase muito interessante a respeito, dizendo: “Jesus era tão humano que só podia ser Deus” parafraseando “Jesus era tão Gente, que só podia ser Deus. Tanto que sendo Deus assumiu a forma de Gente (Fp. 2.7). O texto de João 3.16, diz assim: “Porque Deus amou ao mundo ...” mundo aqui não se trata do universo criado ou o planeta terra mas esta dizendo que Ele amou as pessoas, Ele amou a Humanidade, Ele amou a coroa de sua criação os Seres Humanos, e porque não dizer Ele amou a GENTE! Ele ama Gente.

Isto deve nos motivar como “GENTE, A AMAR GENTE”, a tratar gente como gente, a valorizar gente como gente. Que nossas igrejas nunca esqueçam que ela é composta por Gente e Gente não é número, Gente é Gente. Permitam-me parafrasear um mandamento bíblico assim “Ame Gente como Gente que você é.” Algo que esta em evidência na palavra de Deus é a maneira como Ele trata com Gente. Você sabe como Ele trata com Gente? Ele simplesmente trata como Gente. E como é incrível mas esta grande virtude de ser Gente, já esta ficando extinta.

Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo que é a excelência do que é ser Gente. Ele restituí a cada um que nasceu de novo esta nobre virtude do que é ser Gente, pela sua Graça. MADRE TERESA DE CALCUTÁ já dizia: “Quem julga as pessoas não tem tempo para amá-las” e Martin Luther King complementa “Aprendemos a voar como os pássaros, a nadar como os peixes; mas não aprendemos a simples arte de vivermos junto como irmãos. Portanto GENTE QUE É GENTE, AMA GENTE... Pense nisso!

Pb. Alexsandro V. do Prado Cunha

Pós-graduado em Exegese e Interpretação Bíblica pela FTBP (Fac. Batista do Paraná) e Bacharel em Teologia pela FEPAR (Fac. Evangélica do Paraná).
Postar um comentário