4 de outubro de 2011

Não se limite a arrepender-se. Reconstrua.

por Diandra Brandt (Bacharelanda em Teologia)
     "Há mais de 150 anos a cidade esta sem muros Neemias. Não vale a pena, os moradores já se acostumaram."
     Esse foi o conselho dado por Sambalate, o governador, que não queria que Neemias reconstruísse o muro ao redor de Jerusalém.
     É o que escutamos todos os dias. Aparecem pessoas dizendo que não vamos conseguir. Olha o que Deus esta dizendo:
     Acaso, pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não se compadeça do filho do sei ventre? Mas ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu, todavia não me esquecerei de ti. Eis que nas palmas das minhas mãos te gravei; os teus muros estão continuamente perante mim. Is 49:15,16
     Deus estava dizendo a seu povo: "Sua vida é como os muros, continuamente perante mim. Gravei sua vida em minhas mãos". Os muros estavam para Jerusalém, como nossa vida está para Deus.
     Sendo bem sincera aqui com vocês sabe, penso que os muros de nossa vida estão em ruínas por causa de negligências. O líder que nos leva a construir os muros é o Espírito Santo, e é ele quem continua o trabalho de reconstrução em nosso interior. Ele tenta ao máximo chamar nossa atenção para a condição de nossos muros, mas algumas vezes não ouvimos o que está dizendo. E isso é um grande problema.
     Alguns estão vivendo dentro dos muros de sua vida, cercados de escombros, e tudo começou bem lentamente. No início um pedaço de pedra se desprendeu, depois uma rachadura no muro. Em seguida, um pedaço caiu e apareceu um buraco. Por causa de mais negligências, o inimigo obteve acesso livre à sua vida.
     Podemos nos considerar bons cristãos. Mas sabemos que embora sejamos cristãos no mesmo sentido que Jerusalém pertencia aos judeus, o muro em torno de nossa vida espiritual, que nos protege e defende, as vezes esta derrubado.
     Quando paro pra pensar sobre isso, apenas três palavras me vem a mente:
- Avaliação
- Reconstrução
- Perseverança
     Neemias se informou, expiou e se inquietou sobre as condições do muro. Sabe, as vezes temos medo de fazer uma real avaliação de nossa condição. Somos superficiais em relação a Deus. Nos escondemos atras da racionalização de que "Ninguém é perfeito", "Sou melhor do que sicrano e beltrano" ou então falamos: "Ele vai entender". Se essa tem sido sua atitude, sinto dizer, seus muros caíram.
     A inconformidade de Neemias o levou à reconstrução.
     Ele orou pedindo direção. Você tem estado ocupado demais para pedir direção?
     Não há horas suficientes no seu dia?
     Levante-se mais cedo! Ore durante minutos no almoço.


Não se de ao luxo de não se encontrar com Deus todos os dias.
     Na China, dizem que o Sol nunca se levantou durante quarenta anos sem que Deus encontrasse o missionário Hudson Taylor orando por esse grande país. A reconstrução é trabalho árduo.
     Neemias finalmente enfrentou a situação e decidiu ficar e reconstruir o muro, ao qual foi chamado por Deus para fazer. Perseverança é nossa terceira palavra.
     Você pode estar pronto a chorar por seu pecado. Mas ainda não chegou ao lugar em que, como lemos em Neemias, "fortaleceram as mãos para a boa obra". Neemias e o povo decidiram permanecer ali.
      A perseverança esta na pauta do dia. Lembre-se sempre disso. Esse muro deve ser construído pouco a pouco, pedaço por pedaço, o processo entra em ação. Ninguém se torna vil de repente.
     Mas nunca deixe uma pedra caída. A decadência moral começa quando o primeiro pedaço de alvenaria se solta e a pedra cai.
     O coração negligenciado, a vida com os muros derrubados, serão logo vencidos pelo mundo.
Não se limite a arrepender-se. Recstrua! Nunca desista.
"E sucedeu que, ouvindo nossos inimigos que já o sabíamos e que Deus tinha frustrado o desígnio deles, voltamos todos nós ao muro, cada um a sua obra". Ne 4:15
Postar um comentário